Gatilhos mentais: como usá-los para converter vendas na internet

Os gatilhos mentais são ferramentas de vendas e persuasão poderosas. Elas podem ser utilizadas em linguagem falada ou escrita, pessoalmente ou virtualmente.

Trata-se de uma maneira de ativar o subconsciente do leitor para realizar determinada ação por meio da linguagem. Para tanto, as emoções são afloradas, o que faz com que a decisão seja tomada mais rápido.

Confira nesse artigo 5 Gatilhos mentais para você usar ainda hoje e alavancar as suas vendas na internet:

1. Escassez

Um dos gatilhos mentais mais poderosos no que diz respeito a converter vendas é o gatilho mental da escassez. Isso acontece porque as pessoas tendem a dar mais valor aquilo que é escasso.

E a lógica é bastante simples: o nosso subconsciente relaciona a escassez ao valor, ou seja, aquilo que existe em pouca quantidade e é mais difícil de se obter, é entendido como de maior valor quando comparado ao que está disponível a qualquer momento.

Um ótimo exemplo de escassez é o uso de frases como “Últimas 4 vagas”, “Vagas limitadas”, “Apenas mais 2 em estoque”.

2. Reciprocidade

Acredite, valor gera valor. Se você está vendendo na internet, mas não está gerando valor para o leitor, provavelmente está perdendo vendas.

A reciprocidade é baseada no sentimento de devedor que toma conta de nós ao recebermos algo.

Certamente você já esteve em situações em que recebeu um presente de natal ou aniversário ou o que quer que seja e se sentiu na obrigação de devolver.

No caso da internet, prover valor quer dizer auxiliar de alguma maneira.

Isso ajuda o seu leitor a decidir pela compra do seu produto principalmente quando ele está em dúvida entre você e um concorrente.

3.Comunidade

Esse é um dos gatilhos mentais que funciona muito bem tanto no real quanto no virtual.

Trata-se daquela sensação de que está todo mundo usando. O gatilho mental da comunidade funciona em razão da nossa preferência por fazer parte de algo.

E é exatamente essa preferência que faz com que grandes marcas estejam presentes no dia a dia e com que modas peguem de uma hora para a outra.

Uma maneira bastante interessante e fácil de usar o gatilho da comunidade é usando frases como “ Mais de 200 pessoas já compraram”, “ Já vendemos 200 pares”.

4. Prova Social

A prova social é um gatilho mental parecido com o gatilho da comunidade.

A diferença é que na prova social você mostra para o cliente casos de sucesso via depoimentos dos seus próprios clientes.

A prova social funciona bem pois é comum que busquemos outras pessoas em situações semelhantes a nossa que já são clientes. Queremos ouvir a opinião de quem não tem interesse em vender.

Para usar o gatilho mental da prova social basta mostrar depoimentos ou agradecimentos de pessoas que compraram o seu produto ou serviço e tiveram resultados.

5. Urgência

Talvez você já tenha se deparado com essa frase por aí: “Amanhã é nunca”.

É exatamente nela que se baseia o gatilho mental da urgência.

Como seres procrastinadores que somos nossa tendência é sempre deixar para depois, principalmente no que diz respeito a comprar aquilo que não é de fato necessário.

Para exemplificar, imagine a seguinte situação: você se depara com um anúncio no Instagram sobre um curso de confeitaria, o preço é interessante, o professor também, mas agora você não tem tempo, já está ocupado com outros afazeres e deixa pra depois.

Depois nesse caso pode ser semana que vem, na férias ou nunca.

Agora, se a propaganda trouxer informações como “Só até a 00h de hoje” a sua decisão pode mudar drasticamente já que não vai ser você quem manda quando é a hora de comprar.

E os gatilhos mentais não param por aí…

Esses 5 gatilhos mentais são bastante poderosos e vão te ajudar a alavancar as suas vendas. Porém a lista de gatilhos mentais não para por aí: atualmente a lista de gatilhos mentais muito utilizados na internet passa dos 20. Dê só uma olhada na lista abaixo:

  • Autoridade: Quando você se mostra um verdadeiro entendedor daquilo que está vendendo, para gerar confiança em você e no produto.
  • Novidade: Quando um produto ou serviço é lançado pela primeira vez, ou quando traz algum bônus a mais pela primeira vez.
  • Antecipação: Quando você gera no futuro cliente a ansiedade pelo lançamento de um produto, por exemplo.
  • Curiosidade: Quando você esconde uma informação importante durante a venda, dando apenas dicas do que deve ser. Ao final, é claro, libera a surpresa.
  • História: Quando por meio de uma história você envolve o futuro cliente para que ele se sinta mais próximo da situação descrita, ou para convencê-lo de algum ponto importante.
  • Garantia: Quando você coloca o peso da responsabilidade em suas costas. Para isso, dá ao cliente a garantia de que se o produto não for bom, ou não funcionar, ele poderá acionar a garantia.

E por aí vai!

Agora que você já conhece os gatilhos mentais sabe como usá-los, hora de colocar o aprendizado em prática.

Lembre-se de manter a integridade do seu negócio. Ou seja, não minta para usar algum dos gatilhos, dizendo por exemplo que uma oferta acabará sem de fato encerrá-la.

A sua relação com o cliente vale muito e deve ser prezada a qualquer custo.

Veja também mais como usar o gatilho da prova social com a aplicação de ferramentas gratuitas:

Opt In Image
Inscreva-se e baixe o e-book.
São 21 páginas com dicas práticas para aumentar seu tráfego!

Deixe uma resposta

Quer ir direto ao ponto? Experimente a consultoria.Saiba Mais.
+ +

Baixe o e-book do Pinterest
no seu e-mail

11 dicas surpreendentes para aumentar seu tráfego massivamente com o Pinterest

Obrigada por inscrever-se.

Alguma coisa deu errado.