(L8TLtqufVESf@Kyi6#!#^@9

O que é tráfego orgânico? Como funciona?

Você sabe o que é tráfego orgânico?O tráfego orgânico está diretamente relacionado a uma das principais estratégias do Marketing Digital: o SEO.

Em mais detalhes, SEO é a sigla para Search Engine Optimization, ou otimização para mecanismos de busca, em uma tradução literal. Dessa forma, a sua principal função é levar os conteúdos do seu site para o topo do Google, a maior fonte de tráfego orgânico que pode ter.

Nesse sentido, uma pesquisa realizada pela Backlinko, grande empresa focada em SEO, constatou que o primeiro resultado do Google possui uma vantagem de 31,7% sobre os outros — em relação à chance de clique.

Tal simples dado expressa claramente como o SEO é importante para aquisição de tráfego, sobretudo orgânico. Nas próximas linhas, vou explicar em detalhes o que é o tráfego orgânico, sua relação com o SEO e tudo mais o que precisa saber. Confira!

O que é tráfego orgânico?

De acordo com o dicionário Michaelis, a palavra tráfego é utilizada para se referir ao movimento de uma coisa em relação a outra. Sendo assim, o termo “tráfego aéreo”, por exemplo, relaciona o movimento de aeronaves à determinado espaço aéreo. Com isso, já consegue imaginar ao que se refere o termo “tráfego orgânico”?

Espero que sim, pois a resposta é bem simples, veja: tráfego orgânico está relacionado ao “movimento” das visitas que determinado canal digital recebe. Todavia, não são quaisquer visitas, mas sim aquelas advindas de meios naturais, orgânicos, não pagos. Resumindo, o tráfego orgânico é um termo utilizado para se referir a quantas visitas determinado canal digital recebe sem que seja necessário pagar por elas.

Como ele funciona?

Normalmente, a maior parte do tráfego orgânico vem de mecanismos de busca, como o Google e o Bing. Ainda assim, há outros canais que podem servir como fonte de tráfego orgânico, como as redes sociais. Pois, como vimos, basta o tráfego ser gerado de maneira espontânea, sem que se invista em publicidade, para que ele seja considerado orgânico.

Seguindo essa lógica, imagine uma pessoa que possui alguma dúvida e então vai ao Google pesquisar por ela, algo como “o que é marketing digital”. Em seguida, como o estudo realizado pela Backlinko nos mostra, há grandes chances dela clicar no primeiro resultado, pois costuma ser o melhor. Dessa maneira, essa visita fará parte do tráfego orgânico do site escolhido, pois ele não pagou para estar no primeiro resultado de busca, ele conquistou esse posto com conteúdo relevante e SEO.

Qual a importância do tráfego orgânico?

Enquanto o tráfego pago atraí um público transitório, que vê o conteúdo do anúncio promovido e simplesmente vai embora, as visitas oriundas do tráfego orgânico tendem a ser recorrentes, constantes. Em outras palavras, ele permite que crie uma audiência, isto é, pessoas que acompanham de perto o conteúdo produzido por sua marca.

Logo, conseguirá reduzir seus custos com anúncios pagos, haja vista a maior quantidade de visitas orgânicas, além de aumentar consideravelmente o seu brand equity. Portanto, compreenda o tráfego orgânico como a base de seu negócio na internet, uma vez que, sem ele, não vai avançar.

Como melhorar o tráfego orgânico?

Para conquistar uma boa fonte de tráfego orgânico é necessário um grande investimento em SEO. Assim sendo, ter um blog no qual publica artigos diariamente pode ser uma das melhores maneiras de posicionar bem a sua marca no Google e gerar tráfego orgânico.

Afinal, é necessário um destino para esse tráfego, um local para o qual as pessoas devem ir quando sentirem necessidade. Nas próximas linhas, verá alguns dos principais pontos do SEO para criar uma fonte constante de tráfego, confira!

Público-alvo

Público-alvo é um termo genérico utilizado para se referir a um grupo de pessoas que uma empresa deseja atingir. Sendo assim, quando pensamos na produção de conteúdo para blogs, por exemplo, temos que definir o tipo de público que desejamos atrair. Para facilitar ainda mais esse processo, utilizamos outro conceito que será apresentado a seguir.

Persona

Persona é um personagem fictício que representa o seu público-alvo. Noutras palavras, enquanto o público-alvo é algo genérico, a persona é específica. De certo, não foi possível compreender ainda, mas calma, o exemplo abaixo deixará tudo claro!

A título de exemplificação, podemos dizer que o público-alvo de um salão de beleza é composto principalmente por mulheres entre 15 e 45 anos, residentes da cidade de São Paulo, com ensino médio e superior completo, ou em formação. Em soma, possuem uma renda que varia entre R$ 1.000 e R$ 6.000, gostam de andar bem vestidas e apreciam produtos de boa qualidade.

Já a persona desse mesmo salão de beleza seria algo bem mais específico, como o seguinte: “Renata possui 23 anos de idade e é estudante de jornalismo, com uma renda mensal de R$ 1.200 proveniente do estágio que faz. Além disso, ela mora na cidade de São Paulo e valoriza muito estar sempre bem vestida, por isso, vai ao salão de beleza pelo menos uma vez por semana. Na internet, gosta muito de ler dicas de beleza e aprender sobre o mundo da moda…”.

Conseguiu compreender o que é persona e público-alvo? E suas diferenças? Se sim, vamos ao próximo tópico, do contrário, tente entender bem esses conceitos antes, pois são fundamentais.

Como esses dois pontos ajudam no tráfego orgânico?

Agora que compreendeu o que é persona e público-alvo, vamos falar  da sua influência sobre a criação de tráfego e mais especificamente sobre o SEO. De modo simples, quando você escreve sem propósito e sem saber quem você quer atingir, seus resultados tendem a ser insatisfatórios. Isso porque as pessoas, na maioria das vezes, buscam conteúdos específicos na internet, e não genéricos.

Nessa lógica, quando observa seu público-alvo e cria conteúdos direcionados a sua persona, consegue atrair pessoas que se identificam com ele. Caso seu conteúdo seja relevante para elas, seja por entretenimento, aprendizado ou qualquer outro motivo, passarão a te acompanhar. Entretanto, tais fatores não estão diretamente relacionados com o SEO ainda, mas são primordiais para compreensão do que será dito a seguir.

O que é preciso saber sobre SEO?

Antes de tudo, vale salientar que SEO é uma área muito ampla dentro do marketing digital, o que torna impossível abordar tudo sobre ela neste artigo. Porém, existem alguns pontos que se destacam quando o objetivo é ranquear conteúdos na primeira página, vamos a eles.

Sobre o texto

Artigos produzidos para web seguem determinados padrões para que os algoritmos do Google o compreendam como relevantes. Diante disso, confira na lista abaixo alguns pontos necessários para um texto com um bom SEO:

  • palavra-chave;
  • tamanho do conteúdo;
  • escaneabilidade;
  • formatação;
  • links internos e externos.

Todo texto escrito para web que objetivar ranqueamento deve ter uma palavra-chave cuidadosamente definida e bem trabalhada na escrita. Ademais, fatores como a formatação do texto — que possui padrões de títulos, alinhamento, etc. —, tamanho do conteúdo, quantidade e qualidade de links internos e externos e a escaneabilidade, que é a facilidade de leitura do texto, são essenciais.

SEO Off Page

O SEO off page está relacionado aos fatores externos que influenciam no ranqueamento de seu site no Google. Nesse raciocínio, não há como abordar e explicar todos aqui, mas vamos a um deles para exemplificação, o link building.

Link building, basicamente, é uma estratégia de SEO que pode tanto fazer com que seu site receba tráfego de outros quanto elevar o tempo de permanência dos visitantes nele. Há, ainda, outros fatores de extrema relevância dentro do link building, mas esses são os mais importantes.

Para que esses objetivos sejam atingidos, são feitos guests posts, remoção de links quebrados, estratégias de produção de conteúdos que são linkados uns aos outros, etc.

Qual a diferença entre tráfego pago e orgânico? Qual escolher?

O tráfego orgânico é aquele que é conquistado sem investir em anúncios pagos. Já o tráfego pago é completamente o oposto, ou seja, ele é comprado por meio de publicidade paga, seja ela composta por uma campanha de anúncios, uma lista de e-mail marketing ou qualquer outra coisa semelhante.

Se está em dúvida sobre focar em tráfego pago ou orgânico, saiba que o melhor pode fazer é investir nos dois. Contudo, se o orçamento está apertado e deseja voltar seus esforços somente para um deles, foque em tráfego orgânico. Afinal, apesar de exigir muito esforço, é a única opção gratuita e duradoura, garanto que você não vai se arrepender.

Conclusão

O tráfego orgânico é fundamental para qualquer empresa que busque o sucesso no mundo digital e tem como principal vantagem a aquisição de uma audiência, de um público fiel. Sua relação com o SEO é inegável e atuar com profissionais especialistas nessa modalidade pode ser um diferencial.

Agora que você já sabe o que é tráfego orgânico, ficou com alguma dúvida ou tem algo para complementar o texto? Deixe um comentário aqui embaixo e compartilhe conosco!

Deixe uma resposta

Quer ir direto ao ponto? Experimente a consultoria.Saiba Mais.
+ +

Baixe o e-book do Pinterest
no seu e-mail

11 dicas surpreendentes para aumentar seu tráfego massivamente com o Pinterest

Obrigada por inscrever-se.

Alguma coisa deu errado.

Fale comigo